Estatísticas sobre desenvolvimento populacional tem revelado o aumento de pessoas na terceira idade, como a última divulgação do IBGE apontando que 1 em cada 4 brasileiros terá mais de 65 anos em 2060. Considerando a maior prevalência de doenças nesta faixa etária, o doutor em neurocirurgia pela UNIFESP, Dr. Claudio Corrêa, aponta a necessidade de atenção especial para medidas preventivas e tratativas para as doenças neurológicas.

As doenças neurológicas afetam primária ou secundariamente o sistema nervoso (central, autônomo ou neurovegetativo e periférico), podendo ter origem por doença que se inicia no próprio sistema nervoso ou em doenças em outros locais, mas que acabam afetando o sistema nervoso.

“Elas podem se dividir em vários tipos, diante de estrutu