Desde 1817, quando o cientista James Parkinson descreveu os primeiros sintomas que culminaram nas definições do que conhecemos na atualidade como a doença de Parkinson, muito tem sido pesquisado a respeito do tema. Algumas evoluções na medicina permitiram o desenvolvimento de tratamentos cada vez mais precisos para dar qualidade de vida às pessoas diagnosticadas com a doe