Dia do Cérebro, celebrado nesta quarta-feira, traz alerta a doenças que podem afetar o

cotidiano de muitos pacientes

O cérebro compreende uma estrutura complexa, com milhões de conexões responsáveis pela comunicação com todo o corpo, e seu pleno funcionamento é essencial para que tudo flua bem em funções simples como ver, ouvir, falar, comer, se movimentar e até respirar. Sua relevância é tamanha que possui um data mundial no calendário de saúde, o dia 22 de julho, marcado para debater doenças e soluções que o envolvem.

Este ano, em especial, o tema ganha ainda mais importância frente aos impactos que a atual pandemia da covid-19 tem exercido sobre o cérebro – seja pelas consequências do vírus sobre ele e sobre outras doenças que possam afetá-lo, assim como as dificuldades dos pacientes de continuar tratam